O que é o joanete?, por Sergio Cortes

joaneteJoanete é o nome popular da saliência óssea na articulação metatarsofalângea do hálux (dedão do pé). O grande artelho se desvia para fora, provocando a proeminência óssea na base do hálux. Essa deformidade pode estar ligada a fatores genéticos hereditários; doenças como a artrite reumatoide e outras doenças reumáticas; a própria anatomia óssea do pé; etc. ou fatores externos, principalmente o uso de calçados inadequados, principalmente os sapatos de salto alto e com o bico fino que é uma verdadeira fôrma de moldar joanetes. Com a pressão sofrida pela calosidade óssea, a pele pode ficar vermelha e dolorida. Como explicou Sergio Cortes em seu artigo “Sergio Cortes explica como salto alto afeta a saúde da mulher”: “Obviamente, o que nós usamos em nossos pés afeta a forma como nosso corpo se move.” Além do que, pode “alterar a posição natural do complexo pé-tornozelo”.

Esse modo como nosso corpo se move, citada por Sergio Cortes, pode, eventualmente, provocar muitos prejuízos para nossa saúde, que afetam tanto nosso físico como nossa mente, afinal suportar a dor nos afeta psicologicamente também. A pressão sobre o complexo pé-tornozelo sofre impactos que podem prejudicar nosso corpo por muito tempo e, com o avanço da idade, os problemas nessa área tendem a piorar (engordar, diminuição de massa muscular, por exemplo).

A formação dos joanetes é bastante comum em mulheres que utilizam por muito tempo sapatos com saltos altos e bicos finos, a deformidade vai aumentando com o passar dos anos e, por fim causam joanetes doloridos e irreversíveis. Sergio Cortes diz que a relação de força entre os músculos nas laterais dos tornozelos e os da frente e nas costas torna-se cada vez mais desequilibrado ao longo dos anos vestindo saltos. E essa relação desequilibrada de forças que Sergio Cortes cita, pode influir diretamente na formação de joanetes, deformando a estrutura óssea do háluxUma boa dica para maior conforto dos pés é adquirir sapatos à noite, quando os pés estão mais inchados, escolher calçados que deixem o pé sem apertos, com pontas arredondadas ou quadradas, ficando livres de pressões que podem ser prejudiciais no futuro, pela utilização diária de calçados inadequados.

A utilização de protetores pode ajudar a aliviar a dor dos joanetes, mas não permitirão sua cura. O tratamento do joanete pode ser caseiro, com uso de analgésicos, de palmilhas almofadadas para diminuir a pressão sobre o joanete ou compressas de gelo para ajudar na desinflamação e diminuição da dor. Mas em casos extremos pode ser necessária uma cirurgia para realinhar o dedo, afastando-o do segundo dedo e remover o calo ossudo (bunionectomia). Quanto mais idosa a pessoa for, fica mais difícil de tratar o joanete. Apesar de nem sempre o joanete progredir para algo mais grave que necessite uma cirurgia, pode complicar, incluindo: aparecimento de bursite ou pode levar a uma curva anormal, na articulação do meio, de um dedo do pé.

Ter saúde não significa não estar doente. Ter saúde implica em saúde física e mental, passando pela qualidade de vida, pela felicidade e tudo aquilo que torne a vida do ser humano completa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s