Sergio Cortes: como prevenir a osteoporose

Segundo dados da OMS – Organização Mundial de Saúde, a Osteoporose atinge um em cada cinco homens e uma em cada três mulheres. Para Dr. Sergio Cortes, os números são muito preocupantes, principalmente porque muitas pessoas não tem ciência da gravidade da doença e nem ao menos como preveni-la.

img-356949-osteoporose-ummalsilencioso

Osteoporose significa ‘osso poroso’. Trata-se de uma doença progressiva que provoca a perda de massa óssea, e sua progressão ocorre quase que de maneira imperceptível, pois não há sintomas ou dor, até que portador apresente alguma fratura. Ela ocorre geralmente na coluna, quadril, fêmur e pulso. De acordo com Dr. Sergio Cortes, as mulheres são mais afetadas pela doença por conta da diminuição da produção de estrógeno após certa idade, entretanto é importante ter cuidados em todas as faixas etárias. Alimentação e demais fatores socioculturais podem desencadear em uma fragilização dos ossos e até mesmo o raquitismo. Além disso, alguns fatores podem agravar o quadro como vida sedentária, alimentação com deficiência de cálcio e vitamina D, fumo, bebida alcoólica em excesso, histórico familiar podem ser determinantes para o desenvolvimento da osteopenia, que seria um estágio antes da osteoporose e um indicativo que é preciso mudar hábitos.

Diagnóstico

Para Dr. Sergio Cortes, por se tratar de uma doença sem sintomas expressivos, o diagnóstico acontece, geralmente, por meio de exames de rotina, quando o paciente tem idade entre 30 e 40 anos quando são percebidas alterações nos níveis de cálcio e vitamina D em exames de sangue ou urina. A suspeita demanda o encaminhamento para um reumatologista. De imediato, é recomendado o consumo ou suplementação de cálcio, a prática de exercícios físicos e exposição ao sol para estimular a produção de vitamina D no corpo.

A prática de exercícios físicos

Dr. Sergio Cortes enfatiza atividades físicas devem ser feitas como uma forma de prevenção, a exemplo dos exercícios de cadeia fechada em que são trabalhados diferentes grupos musculares. Eles são mais seguros para as articulações e aina estimulam a contração muscular e regeneração óssea, são eles: agachamentos, caminhada ou corrida, entre outros. Pessoas com mais idade podem se exercitar também, entretanto com menos intensidade e com práticas seguras para as suas limitações, como o Pilates, ideal para trabalhar a própria carga corpórea.

Alimentação

Segundo recomendações da OMS e da Fundação Internacional de Osteoporose, pessoas comuns devem consumir pelo menos 1g (1000mg) de cálcio por dia, podendo variar conforme a idade. Crianças (entre 1 e 3 anos) e gestantes devem consumir 500mg, entre 4 e 8 devem consumir 800mg entre 4 e 8 anos, 1300mg entre os 9 e 18 anos e 1200mg para gestantes. A fonte natural de cálcio são alimentos derivados do leite. Como a alimentação básica do brasileiro fornece apenas aproximadamente 200 mg por dia, é importante incluir um copo de leite, iogurte ou fatia de queijo para chegar ao nível recomendado por dia. Se o temor for a gordura do leite, não há problemas, pois segundo Dr. Sergio Cortes a gordura do leite não influencia na concentração de cálcio, podendo consumir inclusive leite semidesnatado ou desnatado.

Exposição ao sol

Os raios ultravioletas do tipo B (UVB) estimulam o funcionamento da vitamina D, facilitando a absorção do cálcio no organismo. A recomendação é a exposição por 15 minutos por dia sem protetor, pelo menos, três vezes por semana. Isso vale para todas as idades, sobretudo crianças, uma vez que a deficiência da vitamina D pode acarretar em raquitismo, problemas do sono, irritação, miopia, ossos fracos, diarreia ficar raquíticas (ossos com deformações: pernas arqueadas, deformação dos ossos da bacia. Em contrapartida, o excesso pode acarretar em acúmulo nos rins, formando cálculos renais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s