Sergio Cortes: Vai uma xícara de café após o almoço?

A sesta é uma grande tradição cultivada em alguns países da Europa. Lá o comércio fecha as portas depois do almoço para que todos possam descansar! E não sem motivos. O Dr Sergio Cortes nos fala mais sobre aquele sono após as refeições e que já fez algumas pessoas desistirem desta importante refeição. “As pessoas que tem sono depois do almoço não precisam se preocupar. Basta tomar uma xícara de café após a sobremesa.”

6801310-lovely-coffee-cup-wallpaper

Caso não seja suficiente, o Dr Sergio Cortes indica mais alguns ao longo da tarde. O ato de levantar da cadeira de trabalho e uma conversa rápida com o colega podem ajudar a espantar o sono.

Recuperar a concentração e a disposição para o trabalho logo após o almoço pode ser uma tarefa mais fácil e mais econômica: basta uma parada para o “cafezinho”. De acordo com especialistas, uma xícara é suficiente para fazer com que um profissional possa render mais e manter a produtividade.

O Dr Sergio Cortes acrescenta “A cafeína, tão mau falada em alguns momentos, desempenha um papel muito importante no retorno a concentração ou e no tratamento de algumas dores.” Naturalmente, que assim como qualquer substancia, precisa ser ingerida na hora e dose adequadas.

Para respaldar as afirmações do Dr Sergio Cortes, já se sabe que em cada unidade de café encontra-se de um a dois e meio por cento de cafeína concentrada após a torrefação. Para quem não sabe, o café que chega a nossa mesa é o grão que passa pelos processo de torrefação e moagem. Durante a torrefação, algumas propriedades do café desaparecem e outras se concentram ainda mais. É o caso do cafeína.

E o Dr Sergio Corte continua, demonstrando conhecimento e experiência: “a cafeína atua no cérebro, na parte do sistema nervoso que nos mantém despertos e alertas.” Não sem motivo, vários produtos ditos energéticos foram desenvolvidos a partir da cafeína. São bebidas, chocolates, refrigerantes e doces contendo cafeína artificial.

Sergio Cortes explica que, na verdade, a cafeína tem um efeito de aproximadamente trinta minutos. Este ciclo, que começa com a ingestão, passa pela aborção e eliminação pelo corpo. Por isso, a indicação é pra ingestão no prazo de duas horas, mais ou menos. Preciso também considerar que as pessoas reagem de forma diferente diante da cafeína. Algumas tem maior tolerância e podem, sem qualquer prejuízo ou alteração, tomar uma quantidade maior de cafeína ao longo do dia.

E o Dr Sergio Corte acrescenta ainda que cada pessoa que gosta de fazer uso do cafezinho ou de energéticos, precisa observar a si mesmo para saber qual é a quantidade mais adequada. À noite o café pode espantar o sono. Entretanto, pode não ter o mesmo efeito para outras pessoas. O café pode ser consumido por pessoas de todas as idades, de adolescentes a idosos. Desaconselhado para crianças, por motivos óbvios, brinca o Dr Sergio Cortes.

Tomar café demais, como qualquer excesso, pode trazer alguns problemas. Cafeína em excesso pode provocar ansiedade, tremores, irritação. Mas o consumo bem administrado por manter longe os fantasmas do Alzheimer e do mau de Parkinson, segundo estudos. Segundo a ABIC, Associação Brasileira da Indústria do Café, os brasileiros consumiram durante o ano de 2014, oitenta e um litros cada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s