Sergio Cortes explica os mitos e verdades sobre a diabetes

A diabetes é uma disfunção metabólica crônica que ocorre devido a uma deficiência no hormônio produzido pelo pâncreas, a insulina. A doença ocorre tanto por fatores genéticos como por mau hábitos de vida (sedentarismo, dieta desequilibrada) e pode ocasionar tanto perda como aumento de peso, aumentando o risco de doenças cardiovasculares e até mesmo a morte se não for controlada.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 60% da população brasileira não sabe que possui a doença. Para além disso, existe muita desinformação sobre como tratar e controlar a doença. O médico especialista, Doutor Sergio Cortes, comenta algumas afirmações sobre a diabetes, conferindo a elas verdade ou mentira.

Uma das ideias mais comuns é que a Diabetes é contagioso. O Dr. Sergio Cortes explica que a diabetes é uma propensão genética e não uma doença transmissível. Esse pensamento é uma forma de discriminação e deve ser extinguido.

Outro mito é que a canela ajudaria a controlar o diabetes. Não há nenhuma comprovação científica que indique isso, explica o Dr. Sergio Cortes. O diabetes é uma doença crônica e que deve ser controlada, então, não é recomendado fazer qualquer controle sem consultar um médico pois isso pode descontrolar a doença.

Embora a canela não ajude a controlar o diabetes, é verdade que existem outros alimentos que tem essa função de controle por terem o índice glicêmico baixo. Alimentos como iogurtes sem açúcar, algumas frutas, feijão e lentilha são considerados indutores desse controle e estabilizam a doença. É necessário observar o indicie glicêmico dos alimentos e consumi-los sob dieta.

Uma afirmação difundida é que diabéticos podem consumir açucares naturais, como mel, caldo de cana e açúcar mascavo, sem qualquer controle. Se trata de um outro mito, pois, esses alimentos contêm sacarose, substância que deve ser ingerida com controle e com compensação de glicose, explica o Dr. Sergio Cortes, caso contrário, pode desencadear uma crise. O diabético pode consumir sacarose, mas desde que tenha em mente que é necessário controle.

No entanto, é verdade que os diabéticos devem substituir o açúcar por adoçante. Tanto porque, o adoçante foi criado para diabéticos e para aqueles que estão de dieta. Para aqueles que não possuem a doença, existe uma quantidade diária certa de adoçante a ser consumida, alerta o Dr. Sergio Cortes.

Um mito dito é que a aplicação de insulina causa dependência química. Isso não corresponde à verdade, os diabéticos não são viciados. Pacientes com diabetes do tipo 1 necessitam de insulina todos os dias, mas por uma questão de sobrevivência e não de vicio.

Relacionado à insulina, existe outra afirmação que sem o consumo de carboidratos, o diabético poderia evitar a aplicação de insulina. Em tese, isso seria verdade, explica o Dr. Sergio Cortes, mas para diabetes do tipo 1, não existe outra alternativa a não ser a aplicação do hormônio, já que o pâncreas não produz essa substância. Para os demais tipos de diabetes, é necessário ter a doença sobre controle com a avaliação de um médico, antes de iniciar qualquer dieta que inclua ou exclua carboidratos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s