Os benefícios do Alho por Sergio Cortes.

O alho é um dos temperos mais usados nas cozinhas mundo afora tanto por seu sabor forte e picante como por seu cheiro característico e atrativo para algumas pessoas. Mas o alho também é conhecido por suas propriedades medicinais. Desde a antiguidade, o alho é usado na composição de medicamentos por ter propriedades antibacterianas, anticoagulantes e antivirais, e que hoje, se mostram confirmadas graças aos estudos realizados.

Com a grande demanda por alimentos saudáveis e por saber ao certo o que cada alimento traz de bom, o Dr. Sergio Cortes, médico doutor especialista no assunto, explica algumas das propriedades do alho e porque é interessante colocá-lo na dieta. Além de ser um bom tempero, o alho previne alguns tipos de cânceres, ajuda no combate a diabetes e radicais livres, possui ação antifúngicas, reduz inflamações e dores pelo corpo.

Entre as propriedades conhecidas e estudadas do alho, temos a alicina, um composto que ajuda na prevenção e no tratamento de doenças. Com a fama de medicamento, o alho é vendido em capsulas como remédio fitoterápico em algumas drogarias e em forma de chá. Embora o alho seja usado comumente para resfriados e problemas de pressão, é necessário cuidado e precaução. “É importante saber que esses medicamentos e o chá a base de alho são cooperativos e não soluções finais, ainda é necessário consultar um médico e tomar medicação prescrita, se for o caso” explica Sergio Cortes “o uso do alho como remédio pode ser um complemento ao tratamento, mas não como remédio principal”.

Além da alicina, o alho tem o ajoene, um poderoso composto que possui capacidades anticoagulantes e antimicrobianas. O Dr. Sergio Cortes lembra que o ajoene é um antioxidante natural e que também ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, AVC’s e outras doenças cerebrovasculares.

A ação anticoagulante do alho merece atenção. Não é recomendado o uso exagerado do alho, principalmente para pessoas que tomam algum remédio que já tem essa função ou aqueles que farão alguma cirurgia. Não há uma quantidade ideal de consumo de alho regulamentada no Brasil, o consumo deve ser controlado e com bom senso, destaca Sergio Cortes.

O Dr. Sergio Cortes lembra também que o alho possui vitamina C que é comumente conhecida por prevenir gripes e resfriados. Há estudos que demonstram que a vitamina C combate ao câncer de cólon, assim como o Selênio que também está presente no alho.

O alho é rico em piridoxina, também conhecida como vitamina B16, que auxilia no metabolismo de gorduras e de proteínas.

O melhor consumo do alho é na forma pura, recomenda Sergio Cortes, pois não há perda de nenhuma propriedade. O alho puro pode ser misturado a maioneses e molhos, assim, seu sabor forte pode ser minimizado pelos demais ingredientes. O alho aquecido de qualquer forma, tanto frito, cozido, refogado ou assado, perde um pouco de suas propriedades, mas continua recomendável por seu sabor e que pode ser usado para diminuir a quantidade de sal nas receitas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s